• Home
  • |
  • Blog
  • |
  • Adaptação escolar, com o Pediatra Fábio Pessoa

 julho 20

by Aurelia Guilherme

O segundo semestre se aproxima, tempo de início escolar para muitas crianças. Mas, o período de adaptação escolar requer a atenção e o envolvimento de toda a família. Afinal, para algumas crianças, esse é um momento carregado de lágrimas e de medos.

Adaptação escolar, com o Pediatra Fábio Pessoa | Comportamento | Boa Vida Online
As férias estão chegando ao fim. É hora de arrumar a mochila e acostumar as crianças a rotina do restinho de ano letivo

Adaptação escolar

Algumas crianças tem maior dificuldade de adaptação escolar. Sentimentos mais que compreensíveis, quando se leva em conta que, de repente, os pequenos se vêem longe dos pais. É natural estranhar as novas pessoas que se chegam, com as quais ela vai passar a conviver. Pensando em facilitar esse processo, recorremos ao Pediatra Fábio Pessoa, para uma entrevista sobre o assunto. Veja o que o nosso consultor tem a dizer sobre a adaptação escolar:

Aurélia Guilherme – Como os pais devem agir no primeiro dia de aula de um estreante?

Dr. Fabio Pessoa –  Independente da idade em que a criança irá estrear na escola, os pais devem agir com tranquilidade e confiança. É preciso seguir as recomendações elaboradas pela escola e compreender que, em um ambiente seguro e preparado, seu filho será bem cuidado. Nada de sentir pena ao deixar seu pequeno na sala de aula! É muito provável que logo logo ele irá se adaptar e adorar a rotina, o ambiente, a professora e os coleguinhas.

Adaptação escolar, com o Pediatra Fábio Pessoa | Comportamento | Boa Vida Online
Dr. Fábio Pessoa, Pediatria – CRM – GO 9861

Aurélia Guilherme  – Qual a postura que os pais devem ter, caso a criança veterana ou estreante apresente resistência para voltar à rotina escolar?

Dr. Fábio Pessoa – Não é raro que algumas crianças em idade menor ou que estejam em processo de mudança de escola apresentem alguma resistência no momento de retorno às atividades escolares. Nessas situações, os pais devem reforçar a importância e os benefícios de se frequentar a escola e transmitir as informações com muita segurança para seus filhos.

Aurélia Guilherme  – Quais as dicas para os pais prepararem as crianças novatas para um novo ambiente com pessoas totalmente desconhecidas?

Dr. Fábio Pessoa – Reforço sempre a necessidade de se falar a verdade para a criança. Deixar claro que ela estará protegida. Manter um discurso firme, capaz de gerar autoconfiança nos pequenos. Além disso, o momento de adquirir o material escolar, a mochila, a lancheira e o uniforme são interessantes, para que a criança entre no clima do ano letivo. Também é bom lembrar que, conhecer a escola previamente e, se possível, também a professora, torna a tarefa de deixar a criança, menos complicada.

Aurélia Guilherme – A insegurança dos pais pode ser refletida nas crianças?

Dr. Fábio Pessoa  – Com certeza. Por isso, é importante que a escola auxilie os pais nessa adaptação, prestando as informações necessárias e trabalhando de forma acolhedora.

Aurélia Guilherme – Como direcionar assertivamente a dinâmica da volta às aulas?

Dr. Fábio Pessoa – Os pais devem manter firmeza no discurso sobre a importância de se voltar à rotina escolar. Ponderações à respeito do quão interessante é frequentar a escola, com o relacionamento social com os amigos, pela aprendizagem em si, devem ser feitas nos momentos que antecedem o início das aulas.

Aurélia Guilherme – A volta às aulas é sempre um momento de ansiedade para todas as crianças?

Dr. Fábio Pessoa – Nem sempre. Algumas crianças parecem não sentir a menor dificuldade em retornar às aulas, inclusive com uma enorme motivação e alegria.

Aurélia Guilherme – Muitas crianças passam as férias sem horário certo para acordar ou dormir. Qual a melhor maneira de voltar à rotina de horários escolares?

Dr. Fábio Pessoa –  Na semana que antecede a volta às aulas, costumo orientar os pais quanto à necessidade de aos poucos retomar a rotina de sono. É interessante acordar a criança um pouco mais cedo, a cada dia e, no mesmo ritmo, antecipar o horário de dormir. Crianças menores podem necessitar de uma soneca à tarde, a qual também deve ser ajustada. Repito que os pais devem ser firmes e deixarem bem claro que as férias estão por acabar.

#boavida #boavidaonline #aureliaguilherme #feriasdejulho #adaptacaoescolar #voltaasaulas #pediatrafabiopessoa #comportamentoinfantil

share this

Related Posts

Vermífugos são mesmo necessários?

Síndrome de down em show no cinema

Escova Progressiva Segura

>